Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

Os supermercados já estão com seus corredores de doces abarrotados de ovos de Páscoa. Isso porque estamos nos aproximando da comemoração da mais antiga e importante festa cristã, a Páscoa.

Essa festividade religiosa que celebra a ressurreição de Jesus,  é a principal celebração do ano litúrgico cristão. Segundo informações disponíveis na Wikipedia:

Os costumes pascais variam bastante entre os cristãos do mundo inteiro e incluem missas matinais, a troca do cumprimento pascal e de ovos de Páscoa, que eram, originalmente, um símbolo do túmulo vazio. Muitos outros costumes passaram a ser associados à Páscoa e são observados por cristãos e não-cristãos, como a caça aos ovos, o coelho da Páscoa e a Parada da Páscoa . Há também uma grande quantidade de pratos típicos ligados à Páscoa e que variam de região para região.

Apesar da troca de ovos de Páscoa ser uma tradição na nossa cultura, me lembro que desde criança meu pai sempre se recusou a comprar ovos de Páscoa para meus irmãos e eu. Mas nós não ficávamos sem chocolate na Páscoa: ele nos dava caixas de bombom ou barras de chocolate e nos explicava  o porquê de não nos presentear com ovos de chocolate nessa data – a diferença absurda de preços entre os ovos e o chocolate nas apresentações tradicionais (barra, bombom, etc).

Essa percepção me acompanhou da infância à vida adulta e hoje sou eu quem começa a ensinar aos meus filhos que não vale a pena pagar os preços abusivos dos ovos de chocolate, quando se pode pagar menos por chocolate em outras formas. Ainda mais porque a indústria alimentícia se aproveita de uma festa religiosa com significado tão nobre para obter lucros astronômicos.

A título de exemplo, em consulta ao e-commerce das Lojas Americanas hoje, encontrei:

Barra diamante negro 150 g Ovo diamante negro 215 g

Nesse exemplo (considerando ambos os preços já com o desconto anunciado) se você compra a barra de Diamante Negro, paga R$ 39,93 pelo kg do chocolate. Mas se você compra o ovo, paga R$ 139,49 pelo kg do MESMO chocolate. Isso significa que você compra chocolate da mesma marca, mesmo sabor, apenas com apresentação diferente, pagando 249,34% a mais do que o que você pagaria na barra de chocolate. Será que realmente vale a pena?

Consultando novamente a Wikipedia, sobre a origem dos ovos de Páscoa, encontrei o seguinte:

O ovo de chocolate ou ovos de Páscoa são uma tradição milenar relacionada ao cristianismo. Costumava-se pintar um ovo oco de galinha de cores bem alegres, pois a Páscoa é uma data festiva que comemora a ressurreição de Jesus Cristo, sendo o ovo um símbolo de nascimento. Outros povos como os gregos e os egípcios também coloriam ovos de galinha oco, porém em datas diferentes.

O ovo é símbolo bastante antigo, anterior ao Cristianismo, que representa a fertilidade e o renascimento da vida. Muitos séculos antes do nascimento de Cristo, a troca de ovos no Equinócio da Primavera (21 de Março) era um costume que celebrava o fim do Inverno e o início de uma estação marcada pelo florescimento da natureza. Para obterem uma boa colheita, os agricultores enterravam ovos nas terras de cultivo.

Quando a Páscoa cristã começou a ser celebrada, a cultura pagã de festejo da Primavera foi integrada na Semana Santa. Os cristãos passaram a ver no ovo um símbolo da ressurreição de Cristo.

Assim, se a simbologia do ovo de Páscoa for importante para sua família, que tal resgatar o costume original e convidar as crianças para pintar ovos de galinha, reforçando o significado vinculado, que é o de renascimento?

Por fim, se esses argumentos não forem suficientes para convencê-lo a não dar ovos de Páscoa para seus filhos esse ano, convido-lhe a ler o artigo “Chocolate, páscoa e trabalho infantil: conheça as sete marcas de chocolate que utilizam trabalho escravo infantil“, publicado por Camila Vaz no sítio eletrônico Jusbrasil, na última segunda-feira, que nos leva a questionar se faz sentido agradar nossas crianças com chocolate produzido com trabalho escravo infantil.

(Image courtesy of jannoon028 at FreeDigitalPhotos.net)

 

24/02/2016
ovos de Páscoa

Por que não devemos comprar ovos de Páscoa para nossas crianças?

Os supermercados já estão com seus corredores de doces abarrotados de ovos de Páscoa. Isso porque estamos nos aproximando da comemoração da mais antiga e importante […]