Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

Toda mãe que precisa alimentar seu bebê com fórmula infantil, ao fazer as malas para uma viagem, se depara com o dilema: como calcular a quantidade de fórmula infantil que vou usar durante a viagem? Devo levar ou compro no destino?

Quando o Alberto tinha três meses, fizemos nossa primeira viagem de férias com ele: fomos para a praia do Francês. Mãe de primeira viagem, não sabia bem o que levar. Naquela época, ele tomava NAN AR, por causa do refluxo. Íamos passar uma semana e levamos apenas uma lata de fórmula. Achamos que seria o suficiente.

Não deu! E para completar, próximo de onde estávamos só havia uma farmácia, e não tinha NAN AR. Chegamos a ir até Maceió e procurar pela fórmula que ele estava acostumado a tomar. Não encontramos. O jeito foi comprar a que tinha disponível na farmácia e ir misturando com a dele nos últimos dias, até voltarmos e podermos comprar a que ele estava acostumado a mamar.

Mesmo assim, não foi fácil: ele estranhou e não aceitou bem a mistura. Foram dois dias sem mamar direito, dando o maior trabalhão. E não tinha outra solução, pois como ele só tinha três meses, ainda não havíamos iniciado a introdução alimentar. A fórmula infantil era sua alimentação exclusiva.

Depois disso, aprendi a lição! Hoje, independente de para onde estou viajando e de quanto tempo vou ficar, levo, com folga, a quantidade de fórmula infantil que será consumida. Posso sofrer um pouco na ida, com o volume que tenho que levar, mas garanto a tranquilidade durante a viagem, pois não vou ter que sair procurando fórmula infantil em local que não conheço e sem saber se vou achar a que estou acostumada a usar. Além disso, não perco o precioso tempo em que planejei descansar e curtir as férias com esse tipo de coisa.

Para saber a quantidade de fórmula infantil que você deve levar, basta procurar algumas informações no rótulo da lata e usar um pouquinho de matemática para os cálculos. Vamos lá:

  1. Primeiramente, encontre no rótulo a informação do peso de cada porção (colher-medida) de fórmula. Em seguida, veja também no rótulo o peso da lata de fórmula. Divida, então, o peso encontrado para a lata, pelo peso encontrado para a colher-medida e você terá a quantidade aproximada de medidas que a lata contém.
  2. Em seguida, calcule quantas medidas você usa por dia (quantidade de mamadeiras x quantidade de medidas em cada mamadeira).
  3. Multiplique o valor encontrado pelo número de dias de viagem e você terá a quantidade de fórmula que terá que levar (em colheres-medida).
  4. Por fim, com base nessa informação, você poderá avaliar que tamanho e quantidade de latas deverá levar, para essa quantidade de colheres-medida.

Importante: não se esqueça de incluir nos cálculos as mamadeiras que serão consumidas durante a viagem de ida e de volta. Além disso, leve sempre um pouco a mais, pois às vezes temos perdas: seja por acidentes (mamadeira que cai da mão durante o preparo, porta leite em pó que se abre dentro da mala do bebê) ou por motivos alheios à sua vontade (bebê não aceita a mamadeira na hora em que é preparada).

Para ficar mais fácil de visualizar, vou dar um exemplo prático:

O Olavo mama Aptamil 2. Geralmente compro as latas de 800 gramas, por causa da relação custo-benefício. Na embalagem, a informação é de que cada colher-medida contém aproximadamente 4,9g de pó. Se eu dividir o peso da lata (800 g) pelo da colher-medida (4,9 g), descubro que a lata rende aproximadamente 163 colheres-medida de fórmula.

Como calcular a quantidade de fórmula infantilComo calcular a quantidade de fórmula infantil

Supondo que ele mame 3 mamadeiras de 210 ml por dia (cada uma com 7 colheres-medida de fórmula), o consumo seria de 21 colheres-medida por dia. Logo, para uma viagem de 10 dias, seriam consumidas 210 colheres-medida.

Nesse caso, apenas uma lata de 800 g não é suficiente, pois ficam faltando 47 colheres-medida para a quantidade (justa!) necessária para a viagem. Como essa quantidade é menos de um terço da lata de 800 g, então, eu levaria uma lata de 800 g e outra de 400 g – quantidade (com folga!) mais do que suficiente para os dez dias de viagem do exemplo dado.

Espero que essa dica seja útil. Boa semana a todos!

 

Image courtesy of David Castillo Dominici at FreeDigitalPhotos.net

 

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestmail

Facebookrssinstagram

1 Comentário

  1. […] a da marca que encontrei. Enfim! Agora eu me garanto para não passar esse sufoco novamente (no penúltimo post eu ensinei como calcular a quantidade de fórmula infantil para levar na […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *